sábado, 21 de março de 2015

RETRÔ:TOKUSATSUS


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

Quem teve a infância principalmente nos anos 80 e 90, lembra que em algumas emissoras de televisão exibiam séries vindas diretamente Japão, o qual tinha a predominância de heróis que lutavam contra seres do mal, monstros gigantes, usando robôs gigantes e armas da mais alta tecnologia, fazendo um verdadeiro sucesso principalmente com a criançada, logicamente que estou falando dos tokusatsus, gênero que continua muito popular no Japão e em algumas partes do mundo, como o Brasil. 
Basicamente, a palavra tokusatsu vem da expressão tokushu satsuei, que significa filmes de efeitos especiais, são séries ou filmes produzidos no Japão que tem a enfase o uso de efeitos especiais (pirotecnia, modelismo, computação gráfica, etc), principalmente apresentando super heróis que lutam contra seres alienígenas ou das trevas, usando robôs gigantes e armas de alta tecnologia, apresentando a vitória do bem contra o mal e tendo mensagens otimistas sobre amizade, responsabilidade, família, defesa da natureza, senso de justiça e defesa da vida, misturando doses dramáticas, épicas e de muito humor.
 O conceito tokusatsu nasceu no Japão após o fim da Segunda Guerra Mundial, temendo a influência cultural dos Estados Unidos, especialmente de super heróis e do cinema americano, iniciaram as produções mostrando seus próprios heróis e usando efeitos especiais, dando início a esse universo gigantesco o qual conhecemos hoje.
 Um dos primeiros tokusatsus a surgir foram os filmes do monstro Gojira (Godzilla) na década de 50, o qual é uma personificação do trauma que o Japão passou durante a Segunda Guerra Mundial, principalmente dos ataques nucleares ocorridos nas cidades de Hiroshima e Nagasaki, baseado em lendas do folclore japonês e nos filmes do King Kong. Ainda na década de 50, surgiu o primeiro super herói japonês, Máscara Luar, sendo uma das primeiras produções da famosa produtora Toei, a qual é dona da grande maioria das produções tokusatsus, animes e outras produções cinematográficas.
 A partir da década de 60 em diante, a produção de tokusatsus tornou-se muito rentáveis e de extremo apelo popular, surgindo franquias as quais perduram até os dias de hoje, existem inúmeras, as mais conhecidas são: Kaiju, Henshin Heroes, Kyodai Heroes, Ultramen, Kamen Rider, Metal Hero e Super Sentai.

Kaiju: é a franquia o qual os monstros gigantes são protagonistas, causando destruição por onde passam ou defendendo a terra de invasões alienígenas. Ex: Godzilla, Mothra, Gamera, Rodhan e King Ghidorah.

Henshin Heroes: franquias independentes que não tem ligação alguma com as outras franquias, as quais os heróis passam por algum tipo de mutação. Ex: Lion Man, National Kid, Bicrossers, Cybercops, Patrine e Machineman.

Kyodai Heroes: franquia de heróis gigantes que não tem ligação com a franquia Ultraman. Ex: Robô Gigante, Spectreman e Vingadores do Espaço. 

Ultramen: famosa franquia de herói gigante, o qual tem enfase na família que vem da Nebulosa-M-78 para Terra procurar um hospedeiro humano para combater perigosas forças alienígenas. Ex: Ultramen, Ultra Seven e Ultraman Tiga.

Kamen Rider: Outra franquia bastante popular, o qual o herói veste usa uma armadura ou roupa de gafanhoto e tem uma moto, podendo sua transformação ser mutação ou ciborgues. Ex: Kamen Rider, Kamen Rider Black RX e Kamen Rider Drive.

Metal Hero: Única franquia de tokusatsus extinta, são aquelas séries onde os heróis usam uma armadura metálica para combater as forças do mal. Ex: Jaspion, Sharivan, Winspector, Jiban, Jiraya, Shaider, Metalder, Gyaban, Spielvan e Solbrain. 

Super Sentai: Franquia o qual aparecem equipes de três ou mais componentes, os quais vestem uniformes coloridos enfrentando as forças do mal com usam de super armas e robôs gigantes. Ex: Changeman, Maskman, Flashman, Google V e Zyuranger ( série que inspirou as adaptações americanas chamadas de Power Rangers).

 Chegando no Brasil em meados da década de 60, os tokusatsus fizeram um tremendo sucesso por aqui, principalmente nas décadas de 80 e 90, quando viraram uma verdadeira febre entre as crianças e adolescentes, graças a Rede Manchete, que foi uma verdadeira porta-voz das séries japonesas, tendo altos níveis de audiência, principalmente quando exibiu Jaspion e Changeman, obrigando outras emissoras a trazer séries tokusatsus para sua grade de programação, como o SBT, Globo, Band e Record. Vejamos abaixo as séries que foram exibidas no Brasil, é bom frisar que algumas séries que forma produzidas nos anos 60, 70 e 80 foram exibidas somente nos anos 90, aqui está as séries que foram exibidas no Brasil em cada década.

Anos 60 e 70

National Kid
Ultramen
Agentes Fantasmas
Ultra Seven
Robô Gigante
Ultra Q
Vingadores do Espaço
Principe Dinossauro
Regresso de Ultraman
Spectreman

Anos 80 e 90

Gyaban
Google V
Sharivan
Machineman
Shaider
Jaspion
Changeman
Flashman
Bicrossers
Spielvan
Lion Man Branco
Lion Man Laranja
Metalder
Jiraya
Jiban
Maskman
Black Kamen Rider
Cybercops
Kamen Rider Black RX
Patrine
Winspector
Solbrain
Ultraman Tiga 

 Além das séries citadas acima, foram exibidos também no Brasil inúmeros filmes de Godzilla, Mothra e Gamera nesses últimos 50 anos. O último tokusatsu exibido na televisão brasileira foi Ryukendo, exibido em 2009 na RedeTV. Depois disso, somente na internet é possível encontrar séries japonesas inéditas legendas ou dubladas por fãs de animes ou em box especiais em formato DVD contendo algumas séries completas, como Jaspion, Changeman, Jiraya, Jiban, Ultraman e outras que marcaram época. Houveram tentativas de trazer novamente essas séries para a televisão brasileira, graças ao advento da internet, porém acabaram não surtindo efeito nas emissoras, que acabou irritado os fãs, os quais começaram a postar os tokusatsus na internet, tendo muitos blogs e sites totalmente dedicados a esse gênero.
 Finalizando essa postagem super especial, essa foi uma singela homenagem a esse tipo de produção, o qual deixou muita saudade na televisão brasileira, tanto que basta ouvir a trilha de alguma dessas séries já bate aquela nostalgia, assim como todos os fãs de tokusatsus espalhados por esse país, um dia essas séries maravilhosas possam voltar a grade de programação de alguma emissora, fazendo alegria das velhas e novas gerações. Em outras oportunidades, estarei falando em cada uma das séries que foram citadas nessa postagem, em especial as que foram exibidos no Brasil, AGUARDEM.

Grande abraço, BOA SEMANA, até a próxima.   


    
     
    


Nenhum comentário:

Postar um comentário